Destaques

Avenged Sevenfold fará turnê no Sudeste Asiático
Saiba os detalhes
.
A7X:BR Cast #02
Ouça o nosso podcast!
.
Arin fica em 2° lugar em ranking de bateristas e agradece aos fãs
Hail to the King: Deathbat - Behind the Scenes
Assista ao vídeo legendado
.

Comunicado Oficial: Arin Ilejay não é mais membro do Avenged Sevenfold

Postado por Tate - 23/07/2015 - 8 comentários

O Avenged Sevenfold compartilhou em sua página oficial uma mensagem sobre a saída do baterista Arin Ilejay como membro da banda. Confira a tradução abaixo.

Olá todos

Nós estamos escrevendo para informar todos vocês que iremos continuar sem o Arin Ilejay como nosso baterista. O Arin foi uma energia extremamente positiva e um baterista monstruoso para nós nos últimos 4 anos. Nós amamos o cara e sempre amaremos. Nós estamos e sempre estaremos gratos pela ajuda que ele deu em nos fazer continuar caminhando durante um período muito escuro. Criativamente, nós sentimos que precisávamos tomar direções diferentes. Por enquanto não podemos dizer mais, mas estamos animados para o futuro e ansiosos para compartilhar nossos planos com os melhores fãs do mundo. Como sempre, nós agradecemos sua compreensão e seu incansável apoio.

Com amor,

Matt, Zack, Brian e Johnny

 

16/07/2015 – Mount Pleasant, MI, USA

Postado por Lucas - 17/07/2015 - Sem comentários

Ontem, dia 16 de Julho, o Avenged Sevenfold fez seu primeiro show da série de seus três últimos shows em 2015. A banda tocou no Soaring Eagle Casino, em Mount Pleasant, Michigan.

Para surpresa de muitos, a banda tocou duas raridades: Remenissions, que não era tocada ao vivo desde 11 de Março de 2008, e Gunslinger, que não era tocada desde 2 de Agosto de 2009. Confira a setlist completa abaixo e um vídeo de Shepherd of Fire:

Setlist:
01-Shepherd of Fire
02-Critical Acclaim
03-Beast and the Harlot
04-Burn It Down
05-Hail to the King
06-Buried Alive
07-Nightmare
08-So Far Away
09-Afterlife
10-Remenissions
11-Gunslinger
12-Almost Easy
13-Bat Country
Bis:
14-Unholy Confessions
15-Acid Rain
Bis 02:
16-A Little Piece of Heaven



Especial City of Evil 10 Anos – Blinded in Chains

Postado por Lucas - 06/07/2015 - 1 comentário

Blinded in Chains é uma música que se destaca, principalmente, pela sua parte instrumental bastante complexa, principalmente se olharmos para a linha de bateria. The Rev fez um ótimo trabalho, com viradas rápidas e um jogo de pedais muito bem trabalhado e difícil de ser executado. Aos dois minutos e cinqüenta e dois segundos de música podemos ouvir uma ótima demonstração do que o baterista era capaz de fazer. A estrutura da música é diferente e muito bem arquitetada, possuindo momentos mais calmos (o minuto final parece que estamos em outra música, em um sentido bastante positivo), mas que no geral mantém um ritmo rápido e agressivo.

Liricamente, a música costuma ser interpretada de duas formas: de forma política, falando sobre a guerra (no contexto estadunidense); ou de forma religiosa, mas também sobre a guerra de um modo geral.

AO VIVO

A canção tem pouquíssimas chances de voltar ao setlist da banda. Foi tocada apenas na era City of Evil (2005-2006) e por se tratar de uma música com mais de 6 minutos e que não é nenhum hit, o jeito é assistir as performances abaixo (os dois únicos vídeos em filmagem profissional que existem no momento):

CURIOSIDADES
-Faz parte da trilha sonora do jogo Need For Speed: Most Wanted, de 2005 (a música sofreu um corte no começo e é censurada)

Especial City of Evil 10 Anos – Burn it Down

Postado por Lucas - 05/07/2015 - 1 comentário

Burn it Down tem uma história um tanto quanto irônica. Lançada no dia 12 de Junho de 2005 como primeiro single do álbum, a música tinha tudo pra se tornar um grande sucesso, pelo menos se levarmos em conta o aspecto técnico da música: começando com um belo dueto de arpejos entre Zacky e Gates, passando por riffs pesados e um pré e pós-refrão que são diferentes e bem trabalhados, deixando a música bem variada e nada repetitiva, um belo trabalho de Shadows no vocais (assim como nos backing vocals) e um solo sólido e rápido de Synyster. Mas ela não “vingou” – não alavancou as vendas do City of Evil (que só se tornou um sucesso após Bat Country), e hoje em dia é lembrada mais pelos fãs mais hardcores da banda.

Liricamente não se tem muito o que falar. A letra basicamente fala sobre alguém que foi traído várias vezes e busca vingança.

AO VIVO

Burn it Down foi tocada bastante entre 2005 e 2006, período das turnês do City of Evil. Depois, ficou um bom tempo esquecida, até que a banda resolveu voltar a tocá-la em 2014, para alegria dos fãs mais fervorosos (inclusive chegou a ser tocada no Brasil, no último show de São Paulo). Confira algumas performances da música abaixo:

CURIOSIDADES E OUTROS

-Faz parte da trilha sonora de Jogos Mortais III
-Seu CD single contém o clipe e uma faixa bônus: Beast and the Harlot [Live from BBC Radio 1's Lock Up]

Especial City of Evil 10 anos – Beast and the Harlot

Postado por Lucas - 04/07/2015 - 1 comentário

Beast and the Harlot é a música que abre o álbum e também seu terceiro single, lançado no dia 6 de Março de 2006. O videoclipe foi lançado um pouco antes, no dia 6 de Fevereiro.

Liricamente, a canção aborda um tema religioso (M. Shadows já disse gostar de se inspirar na Bíblia, como podemos ver anteriormente na música Chapter Four e também em The Wicked End – faixa que também compõe o terceiro álbum, além do próprio nome da banda), mais especificamente a queda da antiga Babilônia. Algumas partes da letra chegam a fazer citação a essa história bíblica, como “Seven headed beast, ten horns raise from his head” e “hatred strips her and leaves her naked”, retiradas do capítulo 17 do livro do Apocalipse. No DVD “All Excess”, o diretor do clipe, Tony Petrossian, diz que esta letra de Shadows faz uma comparação entre a queda da Babilônia e Hollywood, mostrando alguns clichês hollywoodianos como a parte em que o garoto loiro é corrompido após ver uma stripper, perdendo assim sua inocência.

Tecnicamente, a música é composta por riffs e solos rápidos, e seu riff principal (aquele que é tocado por Synyster Gates durante o refrão) já foi considerado um dos melhores riffs dos anos 2000. Outro ponto marcante é o solo de bateria antes do último refrão. È válido lembrar que, por ser a primeira música do álbum, foi a primeira vez que os fãs tiveram contato com o estilo de vocal novo de M. Shadows, que já tinha feito uma cirurgia nas pregas vocais e se preparou com Ron Anderson (professor que trabalhou com Axl Rose e Chris Cornell) para aprimorar sua performance. Embora na época muitas pessoas rejeitaram a mudança, ela foi benéfica: Shadows agora atinge maiores notas e seu vocal limpo está muito melhor, como podemos perceber na própria música.

AO VIVO

Praticamente presente em todas as turnês, dificilmente Beast and the Harlot sai por muito tempo dos setlists da banda, inclusive a única vez que não foi tocada aqui no Brasil foi no último show de São Paulo (um show extra, que teve uma setlist diferenciada). Desde 2005 a música é tocada todos os anos pela banda, de modo que a mesma já é executada perfeitamente. Confira algumas performances abaixo:

CURIOSIDADES E MAIS
-Faz parte da trilha sonora dos jogos Burnout Revenge, Guitar Hero II (versão cover) e Guitar Hero Smash Hits. Também foi lançada como DLC para o jogo Rock Band 3 e Rocksmith.
-Em seu CD single, temos Burn it Down (Live) como faixa bônus.

Especial City of Evil 10 anos

Postado por Lucas - 04/07/2015 - Sem comentários

Em comemoração aos 10 anos de lançamento do álbum City of Evil, começaremos uma série de postagens comentando sobre cada música do disco: entre hoje (04 de Julho) até o dia 14 de Julho, todo dia teremos um post abordando uma música diferente do CD, desde Beast and the Harlot até M.I.A.

Clique nos links abaixo e saiba mais sobre as canções desse maravilhoso álbum:

01-Beast and the Harlot
02-Burn it Down
03-Blinded in Chains
04-Bat Country
05-Trashed and Scattered
06-Seize the Day
07-Sidewinder
08-The Wicked End
09-Strength of the World
10-Betrayed
11-M.I.A.

Redes Sociais

Último Vídeo

Turnê



    08/01 – PEQUIM, China
    09/01 – XANGAI, China
    12/01 – SEUL, Coréia do Sul
    14/01 – HONG KONG, China
    16/01 – TAIPEI, Taiwan
    18/01 – JACARTA, Indonésia
    20/01 – BANGKOK, Tailândia
    23/01 – KUALA LUMPUR, Malásia
    25/01 – CINGAPURA, Cingapura
    27/01 – HONOLULU, Havaí

Facebook