Destaques

Arin Ilejay conta sua versão sobre a saída do A7X
Confira o que o ex-baterista disse
.
Turnê norte-americana com Volbeat, KSE e Avatar
Saiba mais
.
Brooks Wackerman é o novo baterista do Avenged Sevenfold
Saiba os detalhes
.
Synyster e Zacky na Kerrang!
Leia a entrevista traduzida
.

Avenged Sevenfold se une a Living The Dream Foundation para o Houston Open Air.

Postado por Denis Lobato - 24/08/2016 - Sem comentários
“Living The Dream Foundation é uma organização que estamos orgulhosos de apoiar. Eles trazem grandes nomes da música para que fãs com doenças terminais mudem sua perspectiva sobre a vida através do poder de cura da música. Não podemos fingir que sabemos como deve ser a vida de alguém com uma enfermidade grave, mas quando temos fãs, nós sempre estamos dispostos a trazer um pouco de diversão as suas vidas.”

A Avenged Sevenfold se juntou a LTD Foundation para dar a um desses fãs que vêm lutando contra uma doença terminal um “All Acess VIP Dream Day”, uma entrada VIP para o festival com direito a acesso de caramins e backstages.

1866vGA

18/08/2016 – Minneapolis, MN

Postado por Lucas - 19/08/2016 - 1 comentário

Ontem, dia 18 de Agosto de 2016, o Avenged Sevenfold voltou aos palcos. A banda não se apresentava desde 2015, e fez um show gratuito na First Avenue, na cidade de Minneapolis. Foi o primeiro show com o novo baterista Brooks Wackerman. Uma surpresa foi o bis, onde a banda começou com a música Planets, que nunca tinha sido tocada ao vivo. Confira o setlist:

01-Nightmare
02-Critical Acclaim
03-Beast and the Harlot
04-Hail to the King
05-Buried Alive
06-So Far Away
07-Almost Easy
08-Afterlife
09-Bat Country
10-Unholy Confessions
Bis:
11-Planets (primeira vez ao vivo)
12-Acid Rain
13-A Little Piece of Heaven

Chris Jericho fala sobre The Rev na Kerrang!

Postado por Tate - 04/07/2016 - 1 comentário

Na última edição de Junho a revista Kerrang! fez um especial sobre as lendas imortais do Rock, onde Chris Jericho escreveu um artigo falando sobre o Jimmy ‘The Rev’ Sullivan.  Confira abaixo a tradução completa da matéria.

 

The Rev – por Chris Jerico

Mesmo que ele tenha falecido com apenas 28 anos de idade, Jimmy Sullivan mudou a maneira de tocar dos bateristas modernos, diz Chris Jericho, frontman da banda Fozzy e amigo pessoal do Avenged Sevenfold.

Vamos voltar para o começo dos anos 2000. Lá atrás eu não me sentia bem em fazer solos ou ter uma bateria intrigante como aquela. Foi isso que me impressionou de primeira em relação ao Avenged Sevenfold. Você via uma banda com um visual meio emo, que mal mereciam o crédito porque eles eram muito bonitos. E então, você escutava o som…

A bateria me impressionou do quão intrigante ela era. Eu pensei que aquilo era tão metal e ao mesmo tempo tão SoCal punk (estilo típico da Califórnia). The Rev estava curtindo Mr. Bungle e bandas tipo Frank Zappa. Ele realmente trouxe uma vibe diferente para a banda. M. Shadows era mais um cara do Metal, Synyster Gates era do tipo Zappa, mas o The Rev era tudo isso e realmente empoderou aquela máquina.

O estilo do The Rev era incrível também. As vezes quando você escutava a banda, achava que era legal, até vê-los ao vivo… O The Rev era muito animado e trabalhava muito duro. Outra coisa também: seu backing vocal era excelente! Isso adicionou um novo elemento, ele trouxe aquela vibe meio Michael Anthony (Van Halen), onde conseguia cantar muito alto. Você consegue ouvir no refrão de Critical Acclaim. A banda ainda usa suas gravações quando toca essa música ao vivo.

A melhor coisa sobre o The Rev que ele tocava para a música. Escute Beast and the Harlot: sua bateria é um solo constante, é insano! Existem coisas que ele fazia como air-drummer, que eu ainda não tenho ideia. Era uma técnica muito avançada, mas que o mais importante, ainda combinava com a música. Ele não estava querendo se aparecer, ele apenas mostrava o que eles podiam fazer juntos. O The Rev inseriu diferentes mudanças de tempo enquanto os guitarristas faziam harmonias de Halloween.Era muito o poder do metal dentro desta banda moderna e popular. Eu sou um grande fã de Power Metal e isso me lembra muito nos caminhos que as músicas foram feitas. Muito disso foi de responsabilidade do The Rev. Ele trouxe muitas vibes clássicas. Eles eram uma combinação de Halloween com Guns n’ Roses encontrando o Ramones. Colocaram tudo isso em um liquidificador e tornaram algo fresco e excitante em pleno 2005. Toda a vibe e atitude era algo perigoso e ainda é até hoje. É muito legal que o novo baterista Brooks Wackerman está agora na banda porque ele é desta mesma área. Eles eram tipo uma gangue, você os vê descendo a rua juntos olhando como se eles fossem brigar com você. Eles pareciam perigosos e uma boa banda de rock and roll precisa ter este elemento.

The Rev era como Alex Van Halen e Vinnie Paul em um só, porque você sempre reconhece seu som quando escuta sua música. Quantos outros bateristas você consegue reconhecer por meio do seu som, voz ou composições? Esse cara, para mim, era como o Cliff Burton do A7X: ele deu tanto para a banda que eles não teriam conseguido sem ele. A maturidade, harmonia e melodia eram únicas. Eles não teriam se tornado tão grande quanto são agora, lotando arenas, sendo headliners do Download, sem aquilo que eles aprenderam com o The Rev. Há muitas semelhanças entre o The Rev e o Cliff Burton neste sentido: ambos doaram muito para suas bandas que fizeram grandes homenagens quando perderam esses membros. Ele era como a mão guia que puxou seu navio pelo mundo. Era o gigante Reverend puxando o A7X para o mundo.

 

https://a7xitalia.wordpress.com/

https://a7xitalia.wordpress.com/

*Clique na imagem para abrir em tamanho completo

 

Arin Ilejay conta sua versão sobre a saída do A7X

Postado por Tate - 22/06/2016 - Sem comentários

Após um longo tempo longe dos holofotes, Arin Ilejay, em entrevista para a Rolling Stone com sua nova banda Islander, quebrou o silêncio sobre a sua saída do Avenged Sevenfold. Você pode ler a matéria comples em inglês clicando aqui ou conferir os trechos traduzidos abaixo.

[...] O Avenged Sevenfold tirou Ilejay da banda em Julho de 2015, citando diferenças criativas. Poucos meses depois, eles anunciaram o baterista de longa data do Bad Religion, Brooks Wackerman como o novo baterista da banda.

“Eu fiquei muito chocado e assustado quando o Synyster Gates me ligou para me demitir”, disse Arin. “Eu fiquei tipo ‘Ai meu Deus! Minha esposa está grávida e está prestes a nascer. Como eu irei sustentar minha família agora?’”.

Mike Carvajal viu a notícia pela internet enquanto estava de férias com sua família na praia. Ele pegou o telefone e ligou para o baterista. “Eu costumava brincar com ele o tempo todo: “Hey, quando precisarmos de um baterista, eu irei te ligar. Finalmente liguei para ele e não estava brincando. Eu disse: Você tem que vir tocar conosco.”.

Ir de uma banda de arenas para um grupo que geralmente toca em clubes foi como dar uns passos para trás para Ilejay de várias formas, mas a ideia de tocar com os amigos que fez no Mayhem era interessante e traria benefícios também. “Eu percebi que me juntar ao Islander eu teria a oportunidade de ajudar com as músicas e construir algo, em vez de apenas estar dentro e ao mesmo fora como eu estava com o Avenged.” ele explica.

 

Turnê norte-americana com Volbeat, KSE e Avatar

Postado por Lucas - 21/06/2016 - Sem comentários

O Avenged Sevenfold fará uma pequena turnê pelos Estados Unidos, passando por cinco cidades em Setembro, junto dos convidados especiais Volbeat, Killswitch Engage e Avatar. Lembrando também que a banda já anunciou a participação em vários festivais.

Abaixo você confere as datas e o banner divulgado:

12/09 – Bonner Springs, KS – Providence Medical Center Amphitheater
14/09 – Grand Rapids, MI – Van Andel Arena
15/09 – Toledo, OH – Huntington Center
20/09 – Fort Wayne, IN – Allen County War Memorial Coliseum
21/09 – Nashville, TN – Bridgestone Arena

A7X, Volbeat, KSE, Avatar

É possível uma vinda do Avenged Sevenfold ao Brasil ainda esse ano?

Postado por Lucas - 16/05/2016 - 3 comentários

EDITADO: o lineup do festival já foi divulgado e infelizmente NÃO teremos Avenged Sevenfold esse ano no Brasil.

Depois de um tweet do José Norberto Flesch, jornalista famoso por divulgar atrações musicais que virão ao país, muita gente começou a alimentar a esperança de uma possível vinda da banda ao Brasil ainda em 2016. Será que Flesch estava mesmo falando sobre A7X? Quais as reais chances de um show ainda esse ano?

Vamos começar pensando na atual situação da banda:
-Está gravando seu sétimo álbum ainda sem data definida de lançamento;
-Estamos sem mais informações, mas a banda anunciou que quer quebrar o contrato com a Warner. Sem isso resolvido, o lançamento do CD pode atrasar, assim como outros planos;
-Realizarão diversos shows em festivais nos Estados Unidos no mês de Setembro.

Vamos trabalhar com essa última informação. Em 2007, a banda tocou em festivais (inclusive fora dos EUA, como o Summer Sonic no Japão) antes mesmo de lançar o álbum “Avenged Sevenfold”. Em 2013, uma situação semelhante aconteceu, porém com shows apenas nos Estados Unidos e Canadá, antes do álbum “Hail to the King” ser lançado. O A7X veio ao Brasil durante uma turnê norte-americana apenas para tocar no Rock in Rio, e voltou em 2014 para uma turnê. O mesmo aconteceu anos antes, durante a turnê do “Nightmare”, em 2010, onde o grupo veio tocar apenas no festival SWU e voltou no ano seguinte para fazer uma turnê.

Então, fica a pergunta: “Existe algum festival no Brasil que ocorrerá no mês de Setembro com chances de trazer o Avenged Sevenfold?
Bom, um festival parecido com esses que a banda vai tocar nos EUA vai rolar por aqui, sim! O Maximus Festival, que segundo o próprio Flesch e outras fontes indica que esse evento ocorrerá no mês de Setembro, com a participação de bandas como Rammstein, Bullet for My Valentine, Halestorm e outras. Agora, será que tem espaço pro Avenged Sevenfold? A banda teria interesse? Só saberemos daqui a aproximadamente quatro dias, onde mais informações no site do festival serão divulgadas.

De qualquer forma, o Avenged Sevenfold prometeu “visitar todo mundo” entre 2017/2018, e com certeza o Brasil não ficará fora dessa.

Redes Sociais

Último Vídeo

Turnê



    20/08 – Minneapolis, Minnesota
    24/09 – Fort Worth, Texas

Facebook