Destaques

The Stage já está disponível! Saiba onde adquirir o seu
M. Shadows para O.C Register Leia a entrevista completa
Brooks Wackerman é o novo baterista do Avenged Sevenfold
Saiba os detalhes
.
Synyster e Zacky na Kerrang!
Leia a entrevista traduzida
.

O Avenged Sevenfold pretende entrar em estúdio em Fevereiro.

Postado por Tate - 14/01/2016 - Sem comentários

Segundo a Schecter Guitars, o Avenged Sevenfold entrará em estúdio para iniciar o 7º álbum da banda já mês que vem. Este será o álbum que marca a estreia do novo baterista Brooks Wackerman.

Mais informações em breve.

Fonte: MetalRockNews

O Avenged Sevenfold quer deixar a Warner Bros. Records

Postado por Tate - 14/01/2016 - 1 comentário

A Billboard publicou uma matéria exclusiva que fala sobre a separação do Avenged Sevenfold com sua gravadora desde o City of Evil, Warner Bros. Records. A matéria fala sobre as duas partes, as regras que possibilitariam a quebra de contrato e também a briga na justiça. Confira a tradução completa abaixo.

Depois de lançarem quatro álbuns de estúdio pela Warner Bros. Records desde o ano de 2005, os roqueiros californianos do Avenged Sevenfold estão tentando sair do contrato ainda não terminado de gravações, conhecida pela famosa “regra dos sete anos”.

Por sua vez, o selo estabeleceu uma brecha de contrato sobre o hard rock, buscando por danos compensatórios.

A regra dos sete anos da California Labor Code,permite que uma das partes deixe o serviço sob certas circunstâncias após passados sete anos. Dentro da indústria de lobby de gravadores, a lei que já tem 70 anos foi alterada nos anos de 1980 para permitir que as gravadoras reivindicarem perdas de lucros de álbuns incompletos. As gravadoras, no entanto, têm apenas 45 dias para fazer isso enquanto o artista exercita seu direito de encerrar o contrato.

“O Avenged Sevenfold recentemente exercitou seus direitos dados por lei e encerraram o contrato de gravação com a Warner Bros. Records”, disse em pronunciamento o advogado da banda, Howard E. King. Desde 2004 que o contrato foi assinado, King diz que o selo “submeteu a constantes mudanças das cláusulas que levou a uma dramática de faturamento em cada nível da companhia a um ponto em que ninguém da atual equipe da A&R tivesse até mesmo acordo acertado com a banda.”

Em sua ação judicial (datada dia 08 de Janeiro de 2016), a Warner Bros. Records afirma que a decisão do Avenged Sevenfold de utilizar a “regra dos sete anos” foi ilegal por uma série de motivos. O selo diz que a banda enviou uma carta dizendo que tinha a intenção de quebrar o contrato efetivamente em 25 de Novembro de 2015, mas a Warner não recebeu nada até o dia 30 de Novembro. E mesmo com a notícia gerou um requerimento chamado “data de expiração”, a Warner alega que investiu fundos significantes nos futuros lançamentos da banda e alegadamente foi levada a acreditar que o acordo fosse se manter efetivo, deste modo fazendo acontecer uma exclusão de boa fé e um acordo justo. Além disso, a ação judicial revela que a banda é obrigada à entregar mais dois álbuns de estúdio e um CD/DVD ao vivo.

O contrato original do Avenged Sevenfold dizia que seriam lançados cinco discos (pela Warner, eles já completaram 4), embora o estado da ação judicial contratual que foi reconhecida em 2015 inclui um sexto álbum, com a banda recebendo os royalties adicionais.

A Warner Bros. exigiu um julgamento em que irá buscar conter a tentativa da banda de escapar do contrato atual por meio da regra dos sete anos e, para além do mencionado, está buscando por uma “restituição e  pagamentos de todos os ganhos e benefícios” que o Avenged Sevenfold recebeu antes e depois dos interesses do julgamento, além dos honorários dos advogados.

“A banda está ansiosa para construir um relacionamento com a nova gravadora”, diz King. “O Avenged Sevenfold tem muitas expectativas que irá moldar o sucesso e os relacionamentos pessoais que uma vez eles tiveram com a Warner Bros.”

Cada um dos últimos álbuns da banda, o Hail To The King de 2013 e o Nightmare de 2011 foram primeiro lugar na Billboard 200. Cada um dos cinco discos venderam juntos mais de um milhão de cópias.

Fonte: Billboard

Synyster Gates e Zacky V apresentam seus novos modelos de guitarra

Postado por Tate - 06/01/2016 - Sem comentários

Nesta semana, os guitarristas Synyster Gates e Zacky Vengeance lançaram seus novos modelos para 2016 de guitarras feitas em parceria com a marca Schecter Guitars. Além das guitarras elétricas, o Synyster também lançou 3 modelos de violões com sua assinatura. Confira todos os modelos no site procurando por Synyster Gates ou Zacky Vengeance.

993OdgT 12493850_10153655810716747_6734842627197208025_o

Zacky Vengeance e Brooks Wackerman falam mais sobre o novo álbum do A7X

Postado por Tate - 03/12/2015 - 1 comentário

Em entrevista para a Kerrang! junto de Synyster Gates,  Brooks Wackerman e Zacky V. falaram um pouquinho sobre o novo álbum do Avenged Sevenfold, que está em processo de criação. Confira uma das partes da entrevista que foi liberada pela Kerrang!.

Já tem alguma coisa pronta? Como o álbum está soando?

ZV : Está realmente muito pesado. Ele vai por todas as direções desde o agressivo ao melódico. Há muitos elementos do metal que nós amamos e crescemos ouvindo. E bastante melodia. É difícil dizer. Nesse momentos a única palavra que podemos defini-lo é “agressivo”.

“Hail to the King” tinha uma pegada bem mais simples, básica. Como está o novo material comparado ao HTTK?

BW: Será, novamente, um álbum completamente diferente. Só sei que, mesmo que ele continue soando com o Avenged Sevenfold, ele vai ser diferente do HTTK. Acho que vai ter mais do Avenged Clássico ali, com toques de coisas novas.

Quando poderemos ouvir o novo álbum?

BW : Estamos focando somente na composição agora e tentando juntar tudo para criar o novo álbum. Esse é o foco. Não há data limite, nós só queremos ter certeza que estamos todos confiantes ao lança-lo. Vai sair na hora certa.

Ouça Jade Helm, a nova música do Avenged Sevenfold para o Call of Duty: Black Ops 3

Postado por Thammy Sartori - 06/11/2015 - Sem comentários

Foi disponibilizado hoje no Youtube a música instrumental do Avenged Sevenfold para o jogo Call of Duty: Black Ops 3.

 

Abaixo você pode conferir a música:

 

Conheça melhor o novo baterista do Avenged Sevenfold, Brooks Wackerman!

Postado por Paula Quissack - 05/11/2015 - Sem comentários

O Avenged Sevenfold acabou de anunciar seu novo baterista e seu nome é Brooks Wackerman. Nunca ouviu falar dele? Não se preocupe! Aqui te mostramos 10 coisas que você precisa saber sobre o cara:

Steve Vai deu um empurrãozinho no começo

Brooks começou sua carreira musical como um mero adolescente sob a tutela de nada mais nada menos que Steve Vai, que produziu o primeiro álbum de sua banda Bad4Good , titulado Refugee. Lançado em 1992, a banda se separou logo depois, apesar do apoio de Steve. O vocalista Danny Cooksey é o único outro membro da banda a ter uma carreira notável- ele é mais conhecido por ser um artista de dublagem & voiceover e também já atuou em O Exterminador do Futuro 2 – sendo o amigo do John Connor. Isso tinha sido a coisa mais legal que um membro do Bad4Good tinha feito…até agora!

Ele já substituiu O Substituto de Baterista Mais Famoso do Mundo

Todos provavelmente já ouviram falar de Josh Freese, ele é mais conhecido por assumir temporariamente a bateria de grandes bandas quando eles precisam de uma mãozinha.  Considere Nine Inch Nails, Guns N’ Roses, A Perfect Circle, algumas que  Josh se dedicou um bom tempo. O que você talvez não saiba é que ele começou sua carreira com os skaters punks The Vandals… que imaginamos não pagar o tanto que, quebrando um galho para, Trend Reznor ou Axl Rose pagam. Então, enquanto o Josh estava fora do Vandals, quem deveria entrar em seu lugar para tocar nos shows?  Nosso querido Brooks, claro!

Ele também vestiu a camisa de outra banda legendaria da cena punk

Em 2001, o baterista do Bad Religion, Bobby Schayer, machucou seu ombro e foi forçado a se aposentar, Brooks foi escolhido pra substituir o cara, cujo tinha tocado anteriormente em várias bandas clássicas do punk. Sem pressão então! Ele contribuiu para os últimos seis álbuns do Bad Religion.

Ele substituiu Travis Barker devido seu medo de voar.

Em 2013, as estrelas pop-punk do Blink 182 deveriam tocar no festival Soundwave, na Austrália.  Infelizmente, devido ao medo de voar, o baterista do Blink estava impossibilitado de ir até o outro lado do globo para tocar nos shows.

Tal fato fez com que Brooks conseguisse o melhor lugar pra ver o show, enquanto dois caras crescidinhos faziam piadinhas sobre ter relações sexuais com gado…cara, todos nós já fizemos muita merda na vida!  PL Brooks

Ele deu uma boa impressão no On Said Tour

Brooks deve ter dado uma boa impressão nos caras do Blink, tanto que Tom Delonge o contratou para tocar bateria em seu álbum solo To The Stars.

Seu apelido é “Thunderskin” e foi dado pelo Jack Black.

Em 2012, Brooks foi  baterista dos comediantes do Tenacious D. Os caras estavam escalados para tocar no The Late Show With David Letterman, e depois da apresentação, Jack Black fez referências humorísticas a Brooks, chamando-o de “Thunderskin”. E o apelido ficou até o final da turnê.

Lembra-se daqueles caras que costumavam ficar de pé no fundo do show do Korn?

Lembra quando o Korn costumava ter boa parte da banda atrás da cortina?  Bem, poderia Brooks ter sido um dos percussionistas? Ainda não temos certeza disso, mas estamos cientes de que ele contribuiu para o segundo álbum do Korn, em 2007. Então, quem sabe?

Ele não é contra um pouco de pop

Bem, isso é especulação nossa de novo. Mas ele tocou bateria a Sk8er Boi Avril Lavigne em 2004, no seu álbum Under My Skin. O que temos certeza que deve ter sido bem divertido…?

Ele canta também!!!

Ele não fica apenas confinado atrás da bateria, Brooks se sente à vontade quando assume o microfone também. Atualmente, Brooks canta a banda Kidneys, junto com o seu irmão, John Wackerman e John Spiker do Tenacious D.  A banda já lançou dois álbuns até agora, Talkie Walkie em 2007 e o Sophomore em 2012.

Ele já tocou com todos que você pode imaginar.

Escolha qualquer nome do mundo do rock e metal e é quase certeza que Brooks já dividiu no palco ou estúdio de gravação com ele.  Desde Mike Muir e o restante do Suicidal Tendencies, até Billy Gould do Faith No More, Munky do Fear and The Nervous System ( projeto paralelo do Korn), Brandon Schieppati ( do Bleeding Through)  no supergrupo thrash The Innocent – Brooks não está intimidado com o desafio de ser baterista do A7X e mostra que veio para impressionar. Boa sorte, Brooks!

Fonte: Metal Hammer

Redes Sociais

Último Vídeo

Turnê


    10/01 – Glasgow, Escócia
    12/01 – Newcastle Upon Tyne, Tyne and Wear
    13/01 – Birmingham, Inglaterra
    15/01 – Sheffield, Inglaterra
    16/01 – Manchester, Inglaterra
    18/01 – Nottingham, Inglaterra
    19/01 – Cardiff, País de Gales
    21/01 – Londres, Inglaterra
    22/01 - Londres, Inglaterra
    12/02 – Frankfurt, Alemanha
    13/02 – Hamburgo, Alemanha
    15/02 – Berlim, Alemanha
    16/02 – Düsseldorf, Alemanha
    18/02 - Amsterdam-Zuidoost, Holanda
    20/02 – Estugarda, Alemanha
    21/02 - Rudolfsheim-Fünfhaus, Áustria
    25/02 – Munique, Alemanha
    26/02 – Zurique, Alemanha
    28/02 – Lila, França
    01/03 – Luxemburgo, Luxemburgo
    02/03 – Paris, França
    04/03 – Copenhague, Dinamarca
    07/03 – Helsínquia, Finlândia
    09/03 – Estocolmo, Suécia
    10/03 – Oslo, Noruega
    07/05 – Kannapolis, Carolina do Norte

Facebook