O processo do Avenged Sevenfold com a Warner Bros. Records irá para julgamento em dezembro.

Postado por Thammy Sartori - 06/09/2017 - Sem comentários

De acordo com o Hollywood Reporter, o processo contra o Avenged Sevenfold de sua então gravadora, Warner Bros Records pode tomar outros precedentes legais se realmente for a julgamento em dezembro. A Warner processou o Avenged Sevenfold no fim de 2015 quando a banda deixou a gravadora baseando-se no código do Estado da Califórnia chamado “lei dos setes anos”. A lei permite que as partes possam romper o contrato depois de sete anos certas condições desfavoráveis existirem. Quase todos, se não todos, casos similares foram acordados antes de ir a julgamento.

Mas há uma brexa na lei que permite que os selos possam coletar o dinheiro que seria ganhado pelos álbuns não entregues. A Warner Bros. está alegando danos baseado no fato que o Avenged Sevenfold tinha mais um álbum no contrato, enquanto a banda discute a grande rotatividade na equipe do selo deixou um relacionamento de trabalho insatisfatório. Caso perca, o Avenged Sevenfold deve arcar com um veredito que gira em torno de 5 a 10 milhões de dólares. A Warner Bros. também está autorizada a cobrar um montante de mais de 1.5 milhões de dólares.

“Nós percebemos que essa batalha é maior do que apenas nós”, disse o vocalista do Avenged Sevenfold, M. Shadows. “Nós estamos lutando para que todos os artistas musicais tenham os mesmo direitos que todo mundo tem. Não é como se quiséssemos estar ali, mas estamos prontos para a briga.”

Caso não haja acordo antes do julgamento, a Warner Bros. terá de apresentar evidencias na corte de quanto o selo poderia ter ganho com o novo álbum da banda, “The Stage”, caso ele tivesse sido lançado pela gravadora, em vez de ter sido pelo selo novo deles, a Capitol Records. Esse processo pode ser um exemplo para casos futuros.

Complicando a questão é que o ” The Stage” foi lançado de surpresa e isso enfraqueceu o grupo porque vendeu menos nas primeiras semanas do que os 3 álbuns anteriores do Avenged Sevenfold.

O advogado do Avenged Sevenfold Howard King está argumentando que não haveria multo, se houvesse, o que a Warner perderia com o novo disco. “Nós acreditamos que o juri irá concluir que não tem como provar os danos.” Ele conclui falando que o “The Stage” foi um desapontamento comercial. A Warner na verdade perderia dinheiro e teria entregado para o marketing.

Crianças reagindo a Avenged Sevenfold

Postado por Rodrigo Porto - 06/09/2017 - Sem comentários

O FBE, famoso canal de reacts no Youtube, fez um vídeo com crianças reagindo a Avenged Sevenfold.
Confiram, pois está bem divertido!

Link!

Avenged Sevenfold indicado à três categorias no ‘2017 Loudwire Music Awards’

Postado por Thammy Sartori - 16/08/2017 - Sem comentários

O Avenged Sevenfold foi indicado ao Loudwire Music Awards 2017. A banda concorre em três categorias este ano, sendo elas ‘Metal Artist of the Year’ (Artista do Ano no Metal), ‘Metal Album of the Year’ (Álbum do Ano no Metal) e ‘Best Guitarists’ (Melhores Guitarristas com Synyster Gates e Zacky Vengeance).

A votação já começou e você pode votar uma vez por hora nas categorias até o dia 2 de Outubro!
Os ganhadores serão anunciados na primeira premiação ao vivo ‘Loudwire Music Awards’ no dia 24 de Outubro em Los Angeles.

MÍDIA: Cincinnati, Ohio – 10/07/2017

Postado por Thammy Sartori - 16/07/2017 - Sem comentários

No dia 10/07 o Avenged Sevenfold tocou em Cincinnati, Ohio.
Confira fotos:

– Avenged Sevenfold
– Out Of The Blue Magazine
– Cincy Music
– WEBN

Synyster Gates: ‘Nicci já está na estrada com a gente’

Postado por Tate - 14/07/2017 - Sem comentários

Durante a passagem do Avenged Sevenfold por Cincinnaci, Synyster Gates conversou com o portal Cincinnati.com sobre suas primeiras experiências como pai, sobre o significado do nome do seu primeiro filho e sobre ele acreditar que o primogênito também será do rock and roll. Leia a tradução completa abaixo:

A memória favorita de Synyster Gates nessa turnê foi aquela em que ele não tocou em um dos shows. Aconteceu há dois meses. A banda de Gates, Avenged Sevenfold, estava na estrada junto ao Metallica em uma turnê que durará até agosto. Entre essa turnê, eles também estarão fazendo seus próprios shows. O Avenged Sevenfold cancelou um show com o Metallica em maio pois Michelle, esposa de Gates, deu a luz ao primeiro filho do casal.

Eles deram ao filho o nome do avô de Michelle Nicolangelo ‘Nicci’ Saint James. Nicci Saint James: um nome que vem a calhar para um guitarrista de rock and roll, como seu pai. “Nós soletramos o ‘Saint’ porque somos autoritários’ Gates brinca. Nicci nasceu duas semanas antes que o esperado, bagunçando todo o itinerário da banda. E planejar isso é difícil suficiente para o membro de uma banda como o A7X. “Nós bloqueamos 10 dias antes e depois, totalizando 20 dias de pausa em torno da data do seu nascimento pensando que seria tempo suficiente, a menos que algo louco acontecesse.”, ele conta. “E é claro, algo louco aconteceu. Eu tive que cancelar a apresentação na Filadélfia. A vida é uma grande loucura, mas ao mesmo tempo animadora e nós definitivamente estamos nos divertindo.”

James Herfield do Metallica dedicou até uma música ao pequeno Nicci no show daquela noite. A escolha? “Sad But True” – uma escolha meio estranha em termos do que é falado na letra. Mas ah, vamos dar um crédito. O Metallica não tem muito material feito para crianças para poder ficar escolhendo. “Eles enviaram uma cesta de presentes com um monte de macacões do Mettalica e coisas de criança.” Conta Gates. “Eles são os caras mais legais do mundo. Eles não me fizeram sentir tão culpado quanto eu provavelmente deveria ficar por ter cancelado com eles.”

Gates imagina seu filho seguindo seus passos e não só porque o Nicci tem um nome de roqueiro. Ele pode notar alguns sinais no comportamento do menino de dois meses. “Ele será apresentado a tudo isso. Nós tocamos músicas para ele o tempo todo. Ele já tem a isca. Quando eu pego a guitarra, toco piano ou qualquer outro instrumento, ele foca em mim. Sua atenção é muito boa quando estou tocando alguma música ou estimulando-o com sons. Eu sei que sou tendencioso, mas parece muito obvio para mim. Ele já está na estrada com a gente. Ele veio há algumas semanas quando estávamos no Texas. Ele já é um veterano de estrada.”

Gates pode se ver em Nicci, porque ele próprio é filho de um roqueiro. Seu pai, Brian Haner, é guitarrista e já trabalhou em várias frentes: do rock progressivo à comédia, ao metal. E até chegou a tocar guitarra com o filho pelo Avenged Sevenfold. “Ele tocava com o Frank Zappa com 17 anos e com o Tower Of Power e todas essas bandas.” Gates conta sobre seu pai. “Eu fui apresentado a um monte de músicas doidas desde muito novo e isso me preparou para todas as outras coisas doidas que eu iria ouvir ao longo da vida. Eu não sei se a musica está no meu sangue, na minha natureza ou nos dois.”

Redes Sociais

Último Vídeo

Turnê


    12/01 – Nashville, Tennessee
    14/01 – Grand Rapids, Michigan
    16/01 – Reading, Pensilvânia
    17/01 – State College, Pensilvânia
    19/01 – Quebec, Canadá
    21/01 – Ottawa, Canadá
    22/01 – Hamilton, Canadá
    24/01 – Green Bay, Wisconsin
    25/01 – Peoria, Illinois
    27/01 – Sioux Falls, Dakota do Sul
    31/01 – Biloxi, Mississippi
    02/02 – North Little Rock, Arkansas
    03/02 – Evansville, Indiana
    06/02 – Wichita, Kansas
    08/02 – Lincoln, Nebraska
    09/02 – Cedar Rapids, Iowa
    11/02 – Fargo, Dakota do Norte
    12/02 – Winnipeg, Canadá
    14/02 – Saskatoon, Canadá
    15/02 – Edmonton, Canadá
    17/02 – Vancouver, Canadá

Facebook